domingo, 30 de setembro de 2012

ENEM 2012 - NOTA DA SUEM/SEEC


SUEM/SEEC 

Informamos abaixo o mapeamento do ENEM realizado pela equipe do Universia sobre os temas que mais aparecem nas provas do ENEM: “Fizemos um levantamento com todas as provas, questão por questão, para identificar quais delas se repetiam”, explica Bruna Delprete, que participou do processo de mapeamento das provas aplicadas entre 1998 e 2011. 
Veja o resultado do mapeamento e prepare-se para a edição deste ano:

Geografia 

1° Agricultura
2° Aspectos Socioeconômicos
3° Desenvolvimento e Impactos Ambientais
4° Geopolítica


Matemática: 

1° lugar – Geometria
2° lugar – Cálculo simples
3° lugar – Interpretação
4° lugar – Porcentagem
5° lugar – Probabilidade


Português:

1º lugar – Interpretação de texto
2º lugar – Modernismo
3º lugar – Outros tipos de interpretação
4º lugar – Gramática
5º lugar – Variação linguística


Física: 

1° lugar –  Energia – Eletricidade e Mecânica
2° lugar  – Termologia ou Calorimetria
3° lugar – Hidrostática
4° lugar –  Ondulatória
5° lugar – Cinemática


Biologia:

1° lugar  – Fisiologia / Corpo Humano
2° lugar – Ecologia
3° lugar – Genética / Evolução
4° lugar – Meio Ambiente
5° lugar – Água
6° lugar  – Energia


Química:

1° – Química Ambiental
2° – Equilíbrio Químico
3° – Transformações Químicas
4° – Cálculo Estequiométrico
5° – Química Orgânica


História:

1° – Brasil República
2° – Era Vargas
3° – Brasil Colônia e Segunda Guerra Mundial
4° – Idade Média, Escravidão e Militarismo no Brasil
5° – Revolução Industrial, Guerra Fria e Liberalismo


Dez prováveis temas para redação este ano: 

1- As Questões Ambientais
2- Bullying
3- Violência nas Escolas
4- A Violência no Trânsito
5- Participação Política
6- Álcool X Trânsito
7- Desarmamento
8- Desigualdade Social
9- Esporte como fator de inclusão social
10- Comportamento jovem nas mídias sociais

Atenciosamente,
Equipe SUEM

Fonte: Blog da 12ª DIRED.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

CEJA NO FÓRUM REGIONAL DA EJA

Profª Alvanira Lima apresentando o projeto Cinema na Escola


Passei a manhã e parte da tarde fazendo uma das coisas de que mais gosto: aprender. Na qualidade de professora do Centro de Educação de Jovens e Adultos, tive o privilégio de participar da V Jornada Pedagógica do SESI – V Seminário do Fórum Regional da EJA (uma promoção do SESI em parceria com a 12ª DIRED e a GEED de Mossoró). 

Avaliação de aprendizagem: Por uma Práxis Transformadora” foi o tema da excelente, edificante e reflexiva palestra do professor, pesquisador e escritor Celso Vasconcellos. Durante a mesma, tivemos acesso a informações e dicas indispensáveis para a nossa prática pedagógica diária. 

Compartilho algumas anotações, da fala do palestrante, que fiz no decorrer desta proveitosa e agradável manhã:

“O professor está “no chão” da escola e da sala de aula. Tem muitas e muitas coisas que, se ele não fizer, ninguém pode fazer no lugar dele.”

“Quando você não sabe o porquê do que você ensina, você está apenas seguindo o senso comum.”

A prática equivocada espanta o aluno da escola no tempo certo.

Precisamos resgatar a potência do professor. Se ele achar que não pode nada, ele adoece.

“Devemos fortalecer seu poder, pois muitas vezes ele não sabe o poder que tem.” 

“O que nos mata (referindo-se aos professores) não é só a carga de trabalho, mas a falta de sentido desse trabalho.”

“Não basta mudar a forma de avaliar. É preciso mudar a intencionalidade do avaliar. De nada adianta selecionar novos conteúdos ou métodos diferentes de medir o aprendizado se não houver alteração na intencionalidade. Sempre que as crianças se perguntarem o que fazer para recuperar suas notas, os professores deverão se questionar como recuperar a aprendizagem.”

“No sabemos lo que nos pasa y eso es lo que pasa.” (Ortega e Gasset)

“Devemos usar dinâmicas que tenham sentido e não aquelas que servem apenas para manipular.”

“Ser professor é criar condições para a aprendizagem.”

“O fundamental do professor é produzir aprendizagem.”

“O papel da avaliação é ajudar a escola a cumprir sua função social, que passa por três tarefas básicas: aprendizagem efetiva, desenvolvimento humano pleno e alegria crítica (docta gaudium), de cada um e de todos os educandos.”

“No avaliar, o grande desafio é trocar os “óculos de Gauss” (olhar classificatório) pelos “óculos de grau” (o olhar que quer ver).”

“O sentido da avaliação é qualificar.”

“Normalmente, o que comanda a ação de um professor não é um nível de teoria desejada, correspondente àquilo com o que ele concorda ou considera correto, mas um nível de teoria enraizada (o que ele internalizou).”

" Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.” (Fernando Pessoa)

Fomos brindados, ainda, com duas excelentes apresentações culturais. A primeira foi um “Tributo a Luiz Gonzaga” (pelos alunos da Escola Celina Guimarães Viana) que encantou a todos. Durante esta apresentação dos alunos-artistas do prof. Alexandre Neves, uma cena me chamou, especialmente, a atenção: a sensibilidade de uma das alunas que, ao escutar a popular toada “Luar do Sertão”, não conseguiu conter as lágrimas. Certamente não estava no script. A segunda, foi a performance do bem-humorado Grupo Acorde – que, em breve, completará quinze anos de carreira.
Para encerrar, o CEJA Professor Alfredo Simonetti, seguido das unidades do SESI de Natal, Mossoró, Assú e Macau compartilharam um de seus respectivos projetos.
Agora, é só aguardar o próximo fórum!

A seguir alguns registros fotográficos:




 Um agradecimento especial para a prestativa e paciente 
Juliene Vieira que não mediu esforços para nos ajudar
Professoras Elma, Maria Augusta e Jandira
- representantes da DIRED e GEED
Flagrante dos minutos que antecederam o início do evento

Da esquerda para a direita, professores Lúcia Câmara,
Valter Rebouças e Socorro Barbosa

Mais professores do CEJA: Ivanilce, Socorro, Carminha e Barbalho

Ao centro, uma das supervisoras do CEJA, Rilzonete

Na penúltima fila, destaque para mais uma supervisora do CEJA: Benômia

Mais professoras do CEJA: Vera Lúcia e Alvanira Lima
Momento em assistíamos a uma apresentação de esláides
com registros fotográficos dos fóruns anteriores
Momento da abertura do evento

Brilhante apresentação da E.M. Celina Guimarães Viana
Um tributo a Luiz Gonzaga

Os alunos-artistas da E. M. Celina Guimarães Viana
foram aplaudidos de pé, após a sua apresentação
O palestrante Celso Vasconcellos







Momento em que a professora Alvanira Lima
apresentou o projeto "Cinema na Escola"

Apresentação bem-humorada do Grupo Acorde

Professora Rejane Dantas (SESI/Natal) apresentando o projeto
Educação Ambiental: Um Caminhopara a Transformação

Professoras Nilvânia e Layane (Unidade Operacional de Assú)
apresentando o projeto "Uma Viagem à Pré-história"


O professor Jucier Gomes (SESI/Macau) apresentando
o projeto "Nossa história diante de um romance"

Momento final: a professora Mariza Pinto parabenizando
as equipes do SESI, da 12ª DIRED e da GEED pelo sucesso do evento

NOTA DO BLOG DO CEJA
Texto da professora Josselene Marques. Os registros fotográficos também são dela e da professora Vera Lúcia.


3º encontro DESPERTAR

Nesta tarde, realizamos mais um encontro do Projeto DESPERTAR. As alunas estão bastante motivadas e cheias de criatividade nos últimos ajustes dos seus planos de negócios.

Meus registros:

Educadora empreendedora Josselene Marques
Turma 02 - vespertino




Apresentação do plano de negócio
Desafio na dinâmica das algemas



NOTA DO BLOG DO CEJA: Postado por Josselene Marques

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

AULA NA BIBLIOTECA: BUSCANDO CONHECIMENTO

Na manhã desta quinta-feira (27/09), com o objetivo de estimular os alunos do V Período A, deste turno, a utilizarem a biblioteca do CEJA, para buscar informações sobre os conteúdos de Geometria Plana, o professor orientador Francisco Barbalho Filho os levou ao referido espaço escolar. Na ocasião, os mesmos realizaram um estudo dirigido.









Para aprender é preciso uma situação mobilizadora, que tenha sentido e que provoque uma atividade na qual o aprendiz se envolva pessoal e duradouramente (PERRENOUD, 2004, p.55)

Perrenoud, Ph. (2004). Os ciclos de aprendizagem. Um caminho para combater o fracasso escolar. Porto Alegre: Artmed Editora.


Postado pela Profª Josselene Marques

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

MAIS PROJETO DE CINEMA NA MÍDIA



O Projeto "Cinema na Escola", desenvolvido pelo CEJA Professor Alfredo Simonetti, mais uma vez, foi citado na mídia local.
Neste domingo (23/09), uma das colunistas do Jornal Gazeta do Oeste, Iuska Freire, publicou nota sobre o nosso projeto em seu espaço. A mesma pode ser conferida através da reprodução abaixo:


Reprodução da nota extraída do flip do Jornal Gazeta do Oeste por captura de ecrã (Print Screen)
Por favor, clique na imagem para ampliá-la.


Postado por Josselene Marques
 

domingo, 23 de setembro de 2012

Mais uma sessão do Cinema na Escola

Mais fotos do projeto Cinema na Escola: 


NOTA DO BLOG DO CEJA: Postado por Josselene Marques