sexta-feira, 26 de outubro de 2012

6º Encontro DESPERTAR

Na tarde de hoje (26/10), aconteceu o 6º encontro da nossa turma única do Projeto Despertar 2012. O referido encontro teve como principal objetivo exercitar conhecimentos adquiridos com criatividade, procurando estabelecer riscos calculados na busca de novos conceitos. 

Durante a sua realização, foram feitos mais relatos de histórias de empreendedores de sucesso; aplicamos a dinâmica “Bola ao cesto” (objetivando correr risco calculado, exercitar a quebra de paradigmas e o poder de liderança e decisão em equipes) e demos continuidade à construção do Plano de Negócios com as duas equipes.

Para finalizar, aplicamos mais uma dinâmica: “Teste de seleção” – o que fez as jovens refletirem acerca das exigências do mercado de trabalho e sobre as vantagens competitivas de cada uma delas.





 






NOTA DO BLOG DO CEJA:
Post e fotos da Profª Josselene Marques

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

5º Encontro DESPERTAR



Na tarde de hoje (24/10), aconteceu o 5º encontro da nossa turma única do Projeto Despertar 2012. O referido encontro teve como principal objetivo despertar nas alunas a capacidade de discutir conceitos de liderança, refletindo sobre as relações interpessoais.

Durante a sua realização, foram feitos relatos de biografias de empreendedores potiguares de sucesso; também falamos sobre a importância de ser elaborado um plano de negócios bem detalhado; aplicamos a dinâmica “Medo de desafios” e fizemos leitura e discussão dos textos “Aprendendo a superar obstáculos” e “Empreendedorismo social”.
















NOTA DO BLOG DO CEJA:
Post e fotos da profª Josselene Marques

INCLUSÃO SOCIAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

A 12ª DIRED, através de sua coordenadora e técnica Vanda Maria de Melo, convoca, em nome de sua diretora, Magali Delfino, os gestores das escolas públicas do estado – pertencentes à circunscrição – para se fazerem presentes ao auditório da instituição, dia 30/10/12, a partir das 08h30min, para o lançamento da matrícula antecipada para pessoas com deficiência.



No interior, as matrículas ainda ocorrerão de maneira presencial, entre os dias 19 de outubro e 22 de novembro. É importante que os pais de alunos com deficiência matriculem os seus filhos neste período para que a escola possa tomar algumas medidas, como: 
• Agendar a avaliação de ingresso do estudante; 
• Organizar as turmas de acordo com as normas do conselho Estadual de Educação – CEE/RN
• Solicitar o serviço de professor auxiliar e apoio da SUESP (Subcoordenadora de Educação Especial) para assessorar a equipe pedagógica, estudantes e familiares, quando necessário; 
• Planejar cursos de capacitação para responder às necessidades apresentadas na aprendizagem do estudante; 
• Confeccionar material didático adequado e necessário ao estudante com deficiência; 
• Encaminhar o estudante com deficiência ao Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recursos Multifuncionais e Centros de Educação Especial
• Solicitar junto a SUESP/CAS apoio pedagógico para o estudante surdo, bem como instrutor e intérprete de LIBRAS
• Providenciar melhores condições de acessibilidade ao estudante, observando as necessidades de cada um.
Informa ainda a técnica Vanda Maria – coordenadora da Educação Especial, que a programação do evento está sendo planejada pela equipe pedagógica, coordenação da Educação Especial, pelo Centro Regional de Educação Especial (CREEMOS) e pelo Centro de Atendimento ao Surdo (CAS).

Fonte:  http://blogdadired12.blogspot.com.br/
Maiores informações: http://blogdadired12.blogspot.com.br/

sábado, 20 de outubro de 2012

COMEMORAÇÃO DOS DIAS DO PROFESSOR E DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO



Responsáveis pela gestão e pelo apoio pedagógico do CEJA

Na noite de ontem (19/10), professores e funcionários lotados no CEJA Professor Alfredo Simonetti estiveram reunidos, na sede deste estabelecimento de ensino, para comemorarem duas datas: o Dia do Professor e o Dia do Funcionário Público.

Na chegada, os responsáveis pela gestão, coordenação e supervisão nos recepcionavam de forma calorosa, agradecendo por havermos aceitado o seu convite. 

Cada detalhe da festa foi pensado a fim de que nos sentíssemos valorizados e respeitados não só como profissionais, mas também como seres humanos – que precisam, vez por outra, de uma dose de motivação, de um pouco de reconhecimento por sua dedicação, além de tempo e oportunidade para interagirem e se confraternizarem. 

A alegria e a paz reinaram no ambiente o tempo inteiro. Dava gosto de ver os sorrisos nos rostos dos presentes conversando ao som da voz de Fabiano Show e do violão de Elder, que executavam alguns dos melhores sucessos da MPB.

Às 21:00h, o evento foi oficialmente aberto pelo gestor Nerenilson Nunes que falou da sua satisfação em ver a equipe ali reunida. Em seguida, sua vice, Sandra Pinto, leu a Oração do Professor cujo autor é Gabriel Chalita.

Após degustarmos os pratos de entrada e experimentarmos coquetéis de frutas, foi servido um delicioso jantar.
Momentos depois, deu-se o início da entrega de presentes e do sorteio de brindes pela coordenadora pedagógica Socorro Barbosa  e pela supervisora Rilzonete Batista, auxiliadas por Lúcia Fernandes – que merece um agradecimento especial por sua disponibilidade em colaborar com este Centro, participando de todas as atividades, não importando em que turno, sempre que solicitada.

Concluída mais esta parte da programação, todos foram convidados a se dirigirem à discoteca e lá fomos brindados com mais algumas surpresas. Na verdade, a discoteca era uma das salas de aula que havia passado por uma transformação. As responsáveis por esta arte foram Milene, Lúcia, Sandra e Rilzonete. No recinto, muito light e criativamente decorado, podia-se ouvir e dançar hits dos anos 80.

Sem dúvida, a festa agradou a todos. Lamentamos apenas a ausência de alguns colegas que, por terem mais de um vínculo, encontravam-se em outras escolas naquele horário.

Particularmente, agradeço aos gestores e às responsáveis pelo apoio pedagógico pela iniciativa e pelo empenho em demonstrarem sua consideração pelos que compõem a família CEJA.


Professores e funcionários aguardando o início da festa

Os sorrisos demonstram a satisfação de estarem reunidos

Idem.

Excelente oportunidade de interagir com todos,
principalmente, os que trabalham em outros turnos

Esses momentos light aproximam as pessoas.
Deixamos de ser apenas colegas. Tornamo-nos amigos.

A coordenadora pedagógica Socorro Barbosa
e o Amigo da Escola Sr. Ezequiel

Professores recebendo presentes

Idem.

O carinho e o respeito entre os membros da família CEJA

Descontração e prazer ao homenagear

Vice-diretora, Sandra Pinto, lendo um texto para os presentes

Entrega de presentes e sorteio de brindes

Amizade, simpatia e charme destas professoras

Mais presentes e sorteios de brindes

Idem.

Idem.

Idem.

Bom humor revela o prazer de se fazer presente

É muito bom estar aqui...

Todos foram homenageados

Fabiano Show (voz) e Elder (violão) animaram a festa

Nossos presentes

Mestre do coquetel de frutas e os pratos de entrada

Sala de aula transformada em "disco" surpreendeu e agradou a todos,
o mesmo aconteceu em relação aos acessórios que ganhamos

Visita à discoteca, antes de começar a festa
Destaque para Rilzonete, Milene e Lúcia - três das artistas responsáveis
pela transformação desta sala de aula em "disco". Valeu, meninas!

Um número bastante representativo de professores compareceu

Momento de interação

Abaixo, a oração lida por Sandra Pinto:

Oração do professor

©Gabriel Chalita


Senhor, tu me conheces.
Sabes onde nasci, sabes de onde venho, quem sou.
Conheces minha profissão: sou professor.
Desde criança, tinha em mim um imenso desejo de ensinar.
Queria partilhar vida, sonhos.
Queria brincar de reger.
Reger bonecos, plantas.
Reger as águas do mar que desde cedo aprendi a namorar.
A todos ensinava, Senhor.
Criava e recriava histórias para senti-las melhor, para reparti-las com quem quisesse ouvir.
Eu era um professor.
Fui crescendo e percebi o quanto o sonho era real.
Queria ensinar mesmo. Estudei. Concluí o curso universitário.
Hoje sou, de fato, um professor. Com diploma, certificado e emprego estável.
Hoje não são bonecos que me ouvem, são crianças.
Dependem tanto de mim. Do meu jeito. Do meu toque. Do meu olhar.
São crianças ávidas de aprender. E de ensinar.
Cada uma tem um nome. Uma história.
Cada uma tem um ou mais medos. Traumas. Têm sonhos.
Todas elas, crianças queridas, sonham.
E eu. Eu, senhor, sou um gerenciador de sonhos.
Sou um professor.
Respeito todas as profissões.
Cada uma tem seu valor, sua formosura. Mas todas elas nascem da minha.
Ninguém é médico, advogado, dentista, doutor, sem antes passar pelo carinho, pela atenção, pelo amor de um professor.
Obrigado, Senhor.
Escolhi a profissão certa. Escolhi a linda missão de partilhar.
Tenho meus problemas.
Sofro, choro, desiludo-me.
Nem sempre dá certo o que programei. Erro muito. Aprendo errando, também.
Mas de uma coisa estou certo: sou inteiro.
Inteiro nas lágrimas e no sorriso. Inteiro no ensinar e no aprender.
Sei que meus alunos precisam de mim. E eu preciso deles.
E por isso somos tão especiais.
E nesta nobre missão de educar, nossa humanidade se enriquece ainda mais.
Sou professor. Com muito orgulho. Com muita humildade. Com muito amor.
Sou professor!

Amém!


NOTA DO BLOG DO CEJA:
Texto escrito pela professora Josselene Marques
Fotos de Josselene, Vera, Nerideusa e Ludemy